14 dicas essenciais para aprender um novo idioma

Olá, leitor!

Investir em um novo idioma é fundamental para ter uma carreira promissora. Mas quem disse que é fácil? Para muitos aprender um idioma novo é um desafio. Porém, vamos passar 14 dicas que podem lhe ajudar.

Mas lembre-se, não que você tenha que seguir essa ordem de dicas, mas conseguindo colocar algumas em prática é bem provável que você consiga aprender de forma rápida e com mais vontade um novo idioma.

Preparado para as 14 dicas essenciais para aprender um novo idioma? Confira a seguir todas elas!

14 dicas para aprender novo idioma

aprender_um_novo_idioma_estudante_idiomas_aprendizagem_

1 -Tenha motivação

A motivação é ideal para quem quer aprender um novo idioma. Foque em algum objetivo que você queira com o novo idioma, seja fazer um intercâmbio, melhorar o currículo ou até mesmo aprender por curiosidade.

Mas é fundamental que trace este objetivo. Depois de traçado, mantenha-se focado e com motivação, pois, quando você pensa que já sabe falar, escrever o novo idioma, assim se sente concretizado. Então, pense nos benefícios que este idioma pode lhe trazer.

2 – Tenha disciplina

Com o objetivo estabelecido e com motivação, é hora de encarar o ensino do novo idioma. Porém, se não houver disciplina o ensino pode ficar pra depois. E quando você perceber um ano já se passou e você não aprendeu nada.

Tenha disciplina de estudar em casa, faça uma rotina de estudos que inclua o idioma. Estabeleça dias e horários da semana em que irá se dedicar para este estudo.

3 – Comece cedo

Não prorrogue os estudos, não ache que daqui a um ano pode ser o melhor momento. O momento é agora. Com o tempo passando, cada vez mais as nossas tarefas aumentam e a sensação de que o nosso dia está lotado também.

Comece hoje e trace o seu objetivo e inicie logo. Mesmo que seja um passo lento. Mas é melhor iniciar do que passar anos e você não ter aprendido nada.

4 – Deixe a negatividade de lado 

“Toda língua é difícil”: é muito comum escutar que determinado idioma é mais difícil que outro. Esqueça isso! Foque no aprendizado. É claro que existe um idioma que vai exigir mais estudo de você.

Porém, não coloque a culpa no idioma. Crie as formas de você estudar e aprender e não culpar o idioma. Depois que você começa, vai descobrir muita coisa, e se sentirá muito bem!

5 – Estabelecer ações é importante

Escreva, fale e ouça: é fundamental que você estabeleça essas três ações. Claro que ás vezes é melhor só escrever. Mas lembre-se do seu objetivo, se por acaso é fazer um intercâmbio, falar outro idioma é importante, por isso treine.

Divida bem o tempo de estudo para determinada ação. E dê mais atenção para aquela que você acredita ser mais difícil. E vá treinando!

6 – Seja persistente

É bem comum ocorrer algum desânimo. Seja pela dificuldade de aprender um novo idioma, ou até devido a outros compromissos na rotina. Mas seja persistente e lembre-se do seu objetivo, mantenha-se motivado e não deixe os estudos de lado.

Mesmo que diminua o ritmo, mas não abandone. Porque depois retornar o estudo vai lhe exigir muito mais fôlego.

7 – Foque em alguns atalhos

Assim como na língua portuguesa também existem atalhos nos outros idiomas. Em diversos materiais de línguas estrangeiras, quando for realizar a pesquisa no Google, já poderá ver ou ainda aprender em escolas, algumas dicas e atalhos.

Isso realmente ajuda você a compreender e não desistir quando achar que é algo muito difícil!

8 – Não tenha medo de errar

Não tenha medo de errar ao aprender um novo idioma, e até mesmo de falar. Mesmo que no início você fale ou escreva errado, o mais importante é tentar e não abandonar o ensino.

Deixe o medo de errar de lado, e foque em saber escrever e falar a nova língua. Essa motivação vai ajudar você a não desistir e de aprender sem medo ou bloqueios.

9 – Escolha uma boa escola

Hoje, existem diversos cursos onlines gratuitos e pagos que são muito bons. Mas isso também não impede que você faça um curso presencial.

Há bons motivos para isso: primeiro que estará em constante contato com colegas que estão aprendendo igual a você, e segundo, terá a disposição o professor com quem pode trocar informações em sala de aula.

Ao escolher um ensino presencial, você se sente obrigado a ir até escola, já que pagou, e isso por um lado pode ser um bom incentivo. Mas cabe a você fazer essa escolha.

10 – Treino e dedicação

Não adianta se matricular na melhor escola de idioma de sua cidade se você não estuda. Não vale apenas as aulas presenciais. Em casa, o estudo do novo idioma deve continuar.

Isso permite que você tenha mais facilidade e rapidez em absorver o conteúdo e participar das discussões em sala de aula.

11 – Fique ligado em músicas, filmes e seriados

Essa é uma maneira de aprender um novo idioma de forma mais tranquila. Comece a baixar músicas do idioma que está aprendendo, assistas há filmes e seriados.

Essa é uma forma mais dinâmica, e segundo os especialistas, que afirmam que é válido escutar músicas, assistir aos filmes e documentários para aprender.

12 – Procure livros bilíngues 

É recomendado aprofundar o seu conhecimento por meio da leitura de livros. Claro, depois que você já tem uma base de conhecimento sobre a língua, do contrário, vai achar muito difícil.

Então compre aquele seu livro favorito para se sentir mais motivado e comece a leitura.

13 – Aprenda da maneira certa

Se percebeu que está tendo dificuldade, ou que alguém já comentou que você se expressou de forma errada, esqueça o orgulho e busque aprender da forma correta.

Não ache que você sabe tudo, esteja aberto a sugestões e críticas, para ampliar o vocabulário do seu novo idioma.

14 – Interaja com falantes do novo idioma

É muito válido interagir com falantes do novo idioma. Não sinta vergonha. Eles podem lhe dar dicas e não fique com medo de expressar perante a eles.

Por meio de uma boa conversa você pode aprender muito.

Resultado de pesquisas

Além destas 14 dicas, pesquisas da neurociência mostram que muitas pessoas são tomadas por questões emocionais. Foi o que apontou a neurocientista Carla Tieppo, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Isso explica o fato de que algumas pessoas estão mais dispostas e tem mais facilidade para aprender do que outras. Alguns acabam se deixando levar pela vergonha e pelo medo da exposição, e isso acaba atrapalhando o desenvolvimento no novo idioma.

Outra questão é que muitas pessoas não encaram aprender um novo idioma apenas como um teste, e sim um desafio. Ou seja, a facilidade vem justamente por encarar o ensino das línguas pelo fato de ter certa curiosidade e enxergar o aprendizado como um desafio.

Uma dica já apontada pela pesquisadora acima, é assistir um filme estrangeiro 3 vezes. E como? Na primeira, habilite as legendas em português. Na semana seguinte, veja tudo com legendas no idioma estrangeiro. Na terceira e última vez, dê o play sem as legendas.

O mais importante é tentar compreender e memorizar. Assim você também poderá fazer associações entre forma, som e significado, além de treinar o reconhecimento de várias palavras no outro idioma.

Algumas pesquisas também já mostraram o quanto é importante se divertir com o aprendizado, e não tornar a rotina maçante. Uma dica é pensar em algumas formas divertidas de praticar seu novo idioma.

Então que tal fazer um programa de rádio com um amigo? Ou ainda quem sabe fazer um desenho em histórias em quadrinhos, escreva poemas ou simplesmente fale o máximo que você puder. Isso vai ajudar muito no processo de aprendizagem.

E não precisamos nem falar o quanto é importante sair da sua zona de conforto! Desafia-se! Não tenha medo de ir além, de tirar as suas dúvidas e quem sabe fazer mais cursos.

Aprender um idioma pode ser uma forma mais leve sim. Não é preciso colocar todo esse peso nele. As 14 dicas que apresentamos podem ajudar vocês.

Aprender um novo idioma é deixar que ele faça parte do seu cotidiano. Assista programas, novelas, seriados, leia livros, escute música e tente interpretar, baixe aplicativos no idioma que está aprendendo!

Existem diversas formas de você incluir o idioma no seu dia a dia e assim aprender. Mesmo fazendo um curso online ou presencial você pode tirar proveito. E algo importante é encontrar a sua técnica!

Dessa forma, se está percebendo que não vê avanço no idioma que está aprendendo, não significa que está velho para isso ou que você não tem capacidade de absorver o conhecimento.

Pode ser que as técnicas que esteja usando não são adequadas para você. Por isso, antes de se matricular para o ensino de idiomas, é bem importante conhecer o método de cada curso ou escola.

Sendo assim, aprenda da maneira que você tem mais facilidade e não siga o exemplo dos outros. Se você gosta de ouvir música, aprenda com elas.

Até mais!