Aprovado o Regimento Interno do Comitê Gestor do CAB em Varginha

Uma reunião nesta quinta-feira, 5, na Secretaria Municipal de Educação (Seduc), culminou com a aprovação do Regimento Interno do Comitê Gestor do Programa Cultivando Água Boa – CAB em Varginha, cidade escolhida como pioneira para receber o Programa em 2015 e que já desenvolveu uma série de ações em prol da natureza. Foram eleitos para compor o Comitê Gestor Coordenador, Luiz Eduardo Carvalho Gomes (COPASA), Vice-Coordenador, Joadylson Ferreira Barra (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), Secretaria Executiva, Luis Carlos Lemes (COPASA), responsável pela Comunicação, Eliete Maria Benfica (Secretaria Municipal de Educação).

Na reunião foi exposta uma retrospectiva de encontros, oficinas do futuro, caminho adiante e ações que contaram com representantes de vários segmentos e também com a comunidade.

Entre as benfeitorias foram citados plantios e cercamentos, instalação de lixeiras na zona rural, construção de fossas sépticas, entre outras ações já realizadas.

A COPASA, que abraçou o Programa desde o início, agora vai participar do CAB através do Programa Pró Mananciais que será responsável pelo planejamento para execução das ações prestação de contas. Atualmente são 149 os municípios dentro do Pró Mananciais. O estado de Minas Gerais passa a ser o pioneiro na destinação de percentual da tarifa para a preservação dos mananciais, após uma negociação com a agência reguladora.

Entre as questões levantadas na reunião ficou clara a necessidade de envolvimento e comprometimento da comunidade na preservação ambiental. Para isso, todos tem que se engajar e adquirir hábitos como não jogar óleo de cozinha usado na pia, não descartar embalagens ou outros lixos como restos de cigarros nas ruas, ou seja, todos tem que mudar o comportamento e repensar, inclusive, o volume de lixo gerado por cada pessoa.

Com a aprovação, o Regimento Interno do Comitê Gestor será encaminhado para Belo Horizonte. O Comitê será o responsável pela prestação de contas e implantação das ações.

Em Varginha, o CAB possui convênio como o Pró Mananciais e Termos de Cooperação Técnica com a Emater e também com a Copasa e Prefeitura.  Foram tratadas também a continuidade do Plano de Ações e a preparação do contato com a comunidade do Ribeirão Santana para o desenvolvimento do próximo passo que será a Oficina do Futuro – Caminho Adiante.

 

Presentes na reunião

Participaram dessa reunião membros representantes da Companhia de Saneamento de Minas Gerais – COPASA, Prefeitura de Varginha (Secretarias Municipais de Meio Ambiente, de Educação, de Agricultura e Pecuária, de Governo, de Saúde, Assessoria de Comunicação), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado Minas Gerais – EMATER, Superintendência Regional da Educação – SRE, Superintendência Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SUPRAM SM, Polícia Militar de Meio Ambiente, Guarda Civil Municipal, Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente – CODEMA/Zoológico, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CMDRS, Associação de Proteção Ambiental de Varginha e Região – APAVAR e representante das Escolas Rurais e da comunidade rural dos Martins.

 

CAB

O CAB, da Itaipu Binacional, por meio de metodologia própria, proporciona a participação permanente de parceiros diversos, dentre órgãos governamentais, ONGs, instituições de ensino, cooperativas, associações comunitárias e empresas, em prol da melhoria da água e da vida nas microbacias hidrográficas.

O Programa “Pró Mananciais” vem atender às novas diretrizes da COPASA e fundamenta-se nos programas anteriores, nas legislações, documentos nacionais e estaduais e no Programa “Cultivando Água Boa” do Estado de Minas Gerais, aprovado no PPAG 2016-2019. Integra o compromisso da empresa com a responsabilidade socioambiental e o desenvolvimento sustentável. Traz em seu nome a ideia da prevenção, do antecipar ações no cuidado, na proteção e recuperação das águas desde a sua nascente até seu ponto de captação.

Share