Cemig vai instalar aquecedores solares de água em casas para reduzir consumo Inicialmente, os testes serão realizados em 400 casas de bairros de BH e Contagem

Por RedaçãoBelo Horizonte

Equipamento pode ser instalado em residências convencionais e pode reduzir consumo em até 30%
Crédito: Divulgação/Cemig

Com o objetivo de reduzir o consumo de energia em residências da Região Metropolitana de Belo Horizonte, a Cemig está desenvolvendo um projeto para popularizar uma nova tecnologia em aquecedores solares de água. A ideia é implantar um sistema de aquecimento de água capaz de reduzir em até 40 kWh por mês o consumo de energia, o que significaria uma economia de aproximadamente 30% na conta de luz.

O sistema de aquecimento que está sendo testado pela Cemig é formado por um dispositivo de captação de raios solares interligado ao chuveiro elétrico. Toda a estrutura, incluindo o reservatório de 160 litros, pode ser instalada em telhados, lajes e em postes de eucaliptos externos às residências. Essa, inclusive, é uma das vantagens desse sistema em relação ao modelo convencional, que ainda demanda uma estrutura robusta para suportar os equipamentos, além de ser considerado mais caro.

Inicialmente, os testes serão realizados em 400 casas dos bairros Cabana, Madre Gertrudes, Vila Ipê, Eliana Silva e Nova Contagem. Com o intuito de potencializar os benefícios do sistema de aquecimento de água, a Cemig também orienta os consumidores quanto às formas corretas de utilização. A empresa prevê um investimento de R$ 900 mil para a implantação dos aquecedores.

Programa Energia Inteligente

Desde 2015, o Programa Energia Inteligente já instalou mais de 15 mil aquecedores solares em conjuntos habitacionais de todo o Estado. A empresa investe em projetos que fortalecem os conceitos e as práticas de eficiência energética. Para se ter uma ideia, 565 municípios mineiros são beneficiados com os recursos destinados às iniciativas.

O Programa Energia Inteligente da Cemig é regulado pela Aneel e se baseia no incentivo à mudança de hábitos, resultando na redução e eliminação do desperdício como forma de bom uso e preservação dos recursos naturais. Os projetos são voltados para clientes de baixa renda, entidades sem fins lucrativos, prefeituras, hospitais, iniciativa privada e para a área de educação.

#inovação#tecnologia#energia#aquecedorsolar