Candidatos que se autointitulam políticos profissionais lideram ranking dos deputados eleitos

A maioria dos eleitos neste domingo (7) para a Câmara dos Deputados na legislatura 2019-2022 declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) exercer a própria profissão de deputado. Entre os 513 eleitos, são 236 os que se declararam políticos profissionais.

Os empresários vêm em segundo lugar, com 51 deputados eleitos. Advogados ocupam a terceira posição, com 39 eleitos. Servidores públicos são 20; médicos, 19.

A lista traz ainda 17 professores, 14 administradores e 13 jornalistas.

Os demais se intitularam aposentados, magistrados, entre outros.

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Marcelo Oliveira