Deputada mais nova eleita tem 22 anos; 28 deputados têm menos de 30 anos

Mais idosa da próxima legislatura, Luiza Erundina foi reeleita para o sexto mandato consecutivo

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Homenagem Dia Internacional do Direito à Verdade, Sobre Graves Violações aos Direitos Humanos e da Dignidade das Vítima. Dep. Luiza Erundina (PSOL - SP)
Luiza Erundina será a mais idosa na próxima legislatura

Entre os 513 deputados eleitos para a nova legislatura (2019-2022) na Câmara dos Deputados, a mais nova é a deputada Luiza Canziani (PTB-PR), com 22 anos. Filha do deputado Alex Canziani (PTB-PR), Luiza é estudante de Direito e vai ocupar o primeiro cargo eletivo.

Também tem 22 anos o deputado eleito por São Paulo Kim Kataguiri (DEM), ativista político e coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) também é estreante em cargos eletivos.

Dos 513, 28 deputados têm menos de 30 anos.

A parlamentar mais idosa na nova Câmara será a deputada reeleita Luiza Erundina (Psol-SP), que tem 83 anos e vai iniciar o sexto mandato consecutivo. O deputado Mauro Lopes (MDB-MG) também foi reeleito e, aos 82 anos, vai iniciar o sétimo mandato consecutivo.

Mandatos
Três deputados estão no topo da lista de longevidade no cargo. Átila Lins (PP-AM), Átila Lira (PSB-PI) e Gonzaga Patriota (PSB-PE) foram eleitos para o oitavo mandato na Câmara dos Deputados, acumulando 28 anos de experiência no Legislativo.

Os novatos, por outro lado, ultrapassam 200 nomes, que assumirão em fevereiro do ano que vem o primeiro mandato na Câmara dos Deputados.

Reportagem – Lara Haje e Carol Siqueira
Edição – Geórgia Moraes